Carregando...

Preciso de um coaching na minha empresa?

Homem lendo relatórios

Todo mundo já ouviu falar sobre o treinamento de uma maneira ou de outra, mas nem todo mundo entende o que é e como esse treinamento difere de orientação ou treinamento. Neste artigo, falaremos em detalhes sobre o que está por trás do treinamento e entenderemos suas principais técnicas e métodos.

O que é coaching?

O coaching é um relacionamento profissional que ajuda as pessoas a alcançar excelentes resultados em suas vidas, carreiras e negócios. Um treinador ajuda a preencher a lacuna entre onde uma pessoa está agora e onde ela quer estar.

Uma ampla gama de técnicas e métodos comportamentais é usada no relacionamento entre o cliente e o treinador, o que ajuda o cliente a atingir as metas estabelecidas, a melhorar seu desempenho e satisfação profissional.

Em palavras simples, o coaching é trabalhar consigo mesmo sob a orientação de um treinador, que ajuda a entender os objetivos e as maneiras de alcançá-los.

Diferenças entre Coaching e Mentoring

Coaching e mentoring (mentoring) geralmente usam abordagens e práticas semelhantes. No entanto, o programa de treinamento tem um prazo que pode ser estendido, se necessário, e o treinamento é um relacionamento de longo prazo. O mentor provavelmente tem a mesma profissão, às vezes até trabalhando na mesma empresa que o aluno. Como regra geral, ele é um praticante experiente que já passou pelo caminho que sua ala está seguindo agora.

No coaching, mentoria e aconselhamento, muitos processos são semelhantes, mas são realizados por pessoas com qualificações diferentes e supõe-se um formato diferente de relacionamento entre o professor e o aluno. Simplificando, o treinador é mais um psicólogo e um motivador do que um professor.

O treinamento não inclui recomendações; a atenção está mais focada no pensamento do cliente. Na orientação, o conselho é uma prática comum.

CoachingMentoring
Colaboração por um determinado período de tempo.
Cooperação permanente, que pode durar muito tempo.
As reuniões são de natureza mais estruturada e agendadas regularmente.
As reuniões são realizadas conforme a necessidade: quando a ala precisar de aconselhamento ou apoio.
Concentra-se em desenvolver forças e alcançar as mudanças desejadas. Útil para desenvolvimento de talentos, gerenciamento de mudanças e busca de soluções específicas para problemas profissionais.
Expande horizontes e habilidades profissionais.
O treinador não precisa ter experiência no campo de seu cliente. No entanto, ele deve entender como a esfera do cliente funciona: entender sua linguagem profissional e ter uma idéia de responsabilidades e funções.
Um mentor é sempre um especialista mais experiente e qualificado do que um aluno. Muitas vezes, esse é um funcionário sênior da organização que pode transferir conhecimento e experiência.
A agenda é definida pelo coach ou cliente. Para cada reunião, o tópico é acordado entre as partes.
A agenda é definida pela ala, enquanto o mentor fornece apoio e orientação.
A agenda tem como objetivo avançar em direção às metas estabelecidas pelos clientes.
A tutoria visa o desenvolvimento da carreira.

Métodos de treinamento

A metodologia de treinamento não é realmente tão complicada. Inclui práticas que a maioria de nós conhece. Até usamos muitos deles na vida cotidiana. A diferença é que os treinadores aplicam conscientemente esses métodos para ajudar o cliente a atingir seu objetivo.

Leia mais  8 tipos de funcionários tóxicos e métodos de trabalho com eles

Criando uma atmosfera confidencial

Bons treinadores se comunicam com todos da equipe. Eles mergulham no mundo do cliente e são capazes de apreciar os pontos fortes e fracos de cada um. Para que uma equipe ou cliente individual leve a sério o trabalho com um treinador, eles devem confiar nele.

Uma boa maneira de criar confiança é demonstrar a escuta ativa. O treinador está totalmente focado nas palavras do cliente e deixa claro que ele o entende. Durante as reuniões 1: 1, o treinador ouve atentamente e resume a conversa – mostra interesse sincero, o que aumenta o nível de confiança e ajuda a obter melhores resultados. A escuta ativa é uma habilidade importante que muitos líderes não têm.

Demonstração de inteligência emocional

Além da escuta ativa, o treinador usa sua inteligência emocional para estabelecer contato com o cliente.

Incluímos inteligência emocional na lista de técnicas de treinamento, porque nos colocar no lugar de um membro da equipe e entender as barreiras pessoais que impedem o sucesso é a chave para o desenvolvimento de estratégias que ajudem a superar os medos. Este, é claro, é um dos objetivos mais importantes do treinador.

Profissional ajudando outro
Profissional ajudando outro

Conversa no idioma do cliente

Mesmo que o coach não trabalhe na mesma empresa que o cliente, é muito importante falar o mesmo idioma e usar os mesmos termos.

Ouvir é apenas metade da fórmula da comunicação. Como ouvir, o que dizer, como falar e quando falar – tudo isso afeta se a informação atinge a meta e leva a resultados. Os líderes que ouvem competentemente texto e subtexto, que respondem com um idioma, ritmo e tom inclusivos, melhoram a produtividade de seus ouvintes e aumentam a satisfação no trabalho.

Técnicas de treinamento

Um bom treinamento vai além da capacidade de fazer as perguntas certas. Treinadores capazes não são apenas bons ouvintes, mas também bons estrategistas que usam suas habilidades e conhecimentos para ajudar os clientes a realizar seu potencial.

Leia mais  Como se concentrar no importante e se livrar do extra?

Os treinadores não apenas têm a capacidade de tirar o máximo proveito do treinamento de outras pessoas, mas também usam várias ferramentas e técnicas para ajudar seus clientes a se entender, identificar objetivos e obstáculos e encontrar maneiras de superá-los.

Priorização

Treinadores e especialistas em produtividade desenvolveram tabelas, gráficos e matrizes para ajudar os clientes a planejar e priorizar. Mas os profissionais que usam esse método de treinamento acreditam que a priorização não deve ser tão difícil. Eles insistem que, em vez de focar em listas e prazos, os clientes devem aprender a avaliar o que é mais importante para eles e não para os outros.

Esse repensar muitas vezes abre novas oportunidades para delegar, alterar ou repensar a atual distribuição de tempo e recursos, aumentando a margem de crescimento pessoal e atingindo metas. Essa técnica incentiva os clientes a pensar no que estão fazendo e por quê.

Valores principais

Todos sabemos que nossas crenças e valores determinam quem somos e como vivemos. Os instrutores orientados para o valor ajudam seus clientes a descobrir os chamados conjuntos de leis pelas quais eles vivem e que, embora sem saber, influenciam as decisões.

Para fazer isso, o coach faz você pensar sobre o que os clientes mais valorizam em uma área específica da vida. Esta lista de valores pessoais fundamentais, seja família, liberdade, saúde, serviço, sucesso – torna-se uma âncora. Voltando ao que é mais fácil entender que a maioria dos problemas surge quando esses valores pessoais são afetados.

Roda de consequências

A roda de consequências é projetada para aumentar a eficácia das decisões. Ele permite que líderes e tomadores de decisão identifiquem de maneira confiável e rápida os possíveis riscos e oportunidades.

A roda de consequências é amplamente usada pelos treinadores de negócios como uma ferramenta universal para resolver muitos problemas: desde esclarecer conflitos e melhorar a qualidade do trabalho até formar uma equipe, testar inovação, treinamento e pesquisa, e pode ser usada para prever as consequências de quase qualquer evento que possa afetar o futuro.

Leia mais  Como usar corretamente o LinkedIn

Habilidades de treinador

À medida que mais e mais empresas percebem os benefícios de contratar um coach, elas também reconhecem os benefícios de incorporar o coaching aos estilos de gerenciamento de seus líderes. No final, há uma diferença entre apenas dizer aos funcionários o que fazer e trabalhar com eles no desenvolvimento profissional.

  • Empatia

Um membro comum da equipe nunca se tornará um líder se não for capaz de sentir empatia. Desenvolvendo essa habilidade, os líderes podem tomar decisões difíceis e impopulares com calma e sua equipe fornecerá apoio recíproco. Porque uma pessoa provou ser uma pessoa que alcança um grande objetivo, não por si mesma, mas também pelos outros.

  • Usando perguntas abertas

O uso de perguntas abertas pode criar condições para novas soluções, porque nos fazem olhar o problema de uma perspectiva diferente.

  • Visão estratégica

A capacidade de construir uma estratégia de desenvolvimento eficaz para uma equipe e uma empresa é uma tarefa importante para todo líder e treinador.

  • Aceitação de responsabilidade

O coaching envolve assumir a responsabilidade pelos resultados de outras pessoas. Em outras palavras, se o cliente tiver êxito, isso é uma boa notícia para o treinador. Se o cliente não lidar, vale a pena explorar o que pode ser feito melhor, de forma mais eficiente ou simplesmente de uma maneira diferente.

Por que sua empresa precisa de um treinador

Todos queremos alcançar nossos objetivos, mas nem sempre sabemos como abordá-los e como começar. Um treinador é uma pessoa que ajuda a entender como se tornar mais eficaz e melhor para alcançar o que deseja.

O coaching corporativo ajuda a melhorar o desempenho da empresa e a resolver problemas prementes no nível gerencial. Estes podem ser não apenas problemas internos, mas também, por exemplo, o lançamento de um novo produto no mercado, implementando mudanças e projetos.

Fontes:
Small Biz Trends
The Balances MB
Bp Plans
Life Hack
SBA – US
Franchise Direct

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *