Carregando...

Marido de Aluguel: Quanto cobrar pelo Serviço e Como Fazer Orçamento

Marido de Aluguel: Quanto cobrar pelo Serviço e Como Fazer Orçamento

A profissão de marido de aluguel veio para ficar e hoje muitas pessoas ganham a vida trabalhando com a profissão “faz-tudo” autônomo.

Esses profissionais se destacam pela habilidade de realizar qualquer serviço.

Por exemplo, ele pode realizar diversos serviços como troca de chuveiro elétrico, instalação elétrica, hidráulica, construção, reformas e entre outros.

Se você possui alguma habilidade e quer trabalhar desta forma, basta pegar as suas ferramentas e divulgar o seu serviço.

No entanto, é importante levar em consideração quanto cobrar pelo os serviços que serão realizados.

Para trabalhar na área você precisa saber definir o seu valor pelo o serviço e como fazer orçamento para serviços maiores e mais demorados.

Mas se você não sabe como fazer isso, não se preocupe, pois vamos mostrar para você como realizar essa etapa.

Como cobrar pelo o serviço Marido de aluguel?

De acordo com empresários do setor de construção, o trabalho realizado pelo marido de aluguel é calculado por horas dependendo do serviço que será realizado.

Por exemplo, a troca de um chuveiro elétrico, desentupimento de tubulação e entre outros.

Porém, você pode cobrar pelo o serviço da forma que achar mais conveniente que pode ser por horas, preço fixo, metro (em caso de construção) e entre outras formas.

Observe os preços fixos que são praticados nas capitais que você pode usar como base para cobrar pelo serviço.

Tipos de serviços e preços:

  • Instalação de torneira elétrica – R$100
  • Limpeza de caixa de gordura – R$ 130
  • Troca de Disjuntor (Unidade) – R$ 60
  • Serviços de manutenção (Por item) – R$ 30
  • Montagem de móveis (podendo variar) R$ 90
  • Troca de fechadura – R$ 70
Leia mais  Trabalho remoto: o que é, por que e como?

Se você pretende trabalhar com preço fixo esses valores são para você ter uma base de quanto pode cobrar pela a realização desses serviços.

No entanto, o preço pode ser alterado levando em consideração alguns fatores, por exemplo, à distância e a dificuldade do serviço.

Se o local é distante e você vai precisar pegar ônibus ou vai usar o seu próprio carro, deve acionar o valor gasto com a locomoção.

Por outro lado, se o seu objetivo é trabalhar por horas defina quanto vale o seu trabalho, por exemplo, cobrando a hora de serviço por R$ 15 reais e trabalhando 3 horas o serviço vai custar R$ 45 reais.

Porém, se o serviço é simples e você não vai gastar 1 hora para realizá-lo considere cobrar um valor justo como R$ 20 ou R$ 30 reais.

Por fim, cobrar por metro depende do serviço que será realizado geralmente um pedreiro que trabalha com azulejos ou cerâmicas para piso cobra R$ 30 reais por metro quadrado.

Então se ele for colocar cerâmica em uma casa de 30 metros quadrados o valor final do serviço será R$ 900.

Como fazer orçamento para serviços maiores?

Uma hora ou outra o profissional vai precisar fazer um orçamento para serviços maiores.

Neste caso, o orçamento deve ser feito com cautela para que o valor cobrado seja justo para ambos os lados.

Geralmente quando se trata de serviços para muitos dias o valor cobrado é preço fixo e não por horas.

Por isso, avalie a complexidade dos reparos que precisam ser realizados e estime quantos dias serão necessários para finalizar a tarefa.

Por exemplo, se o serviço será instalação elétrica considere cobrar a diária incluindo o custo com transporte por R$ 70 reais. Então trabalhando 10 dias o valor pelo serviço será R$ 700 reais.

Leia mais  Como se tornar um ator de sucesso

No entanto, se você vai prestar serviço de pedreiro considere cobrar a diária entre R$ 80 a R$ 100 reais. Trabalhando 10 dias você vai ganhar R$ 1000,00 reais.

Conforme o serviço que precisa ser realizado defina um valor justo para o seu trabalho e para o cliente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *