Carregando...

Como vender conhecimento online

Sala cheia de computadores

Como criar um negócio da informação do zero: 6 etapas simples

A venda de conhecimento é uma tendência das duas últimas décadas, que não impede que ele permaneça no auge da popularidade: afinal, quem é o dono da informação, é dono de tudo! Se você sentir vontade de se tornar uma das pessoas que adquirem conhecimento, este artigo mostrará como iniciar um negócio da informação do zero!

Como criar um negócio da informação?

O negócio da informação (também conhecido como infobusiness), em sentido amplo, é a venda de conhecimento, habilidades, informações valiosas e algoritmos por dinheiro. 

No entanto, no sentido moderno, o professor da escola não é um negócio da informação – trata-se mais de treinadores que realizam treinamentos on-line, seminários on-line, vendem cursos em vídeo e livros educacionais sobre gerenciamento de tempo, gerenciamento de pessoal, ganhar dinheiro, estrutura do negócio da informação. 

Existem outras áreas: a internet também ensina tricô, mantém um estilo de vida esportivo, cozinha, psicologia, harmoniza as relações familiares, mantém contas nas redes sociais e muito mais.

O infobusiness atua desde o início de 2000 e apareceu no Ocidente várias décadas antes, o que permitiu aos pioneiros do infobusiness confiarem na experiência de colegas estrangeiros. Portanto, até o momento, já existem esquemas passo a passo comprovados para criar um negócio de informações do zero, na presença de determinadas condições na vida de cada pessoa.

Moça se maquiando
Moça se maquiando

Essas condições são simples. Se você é profissional ou está próximo disso, e muitas pessoas gostariam de ter seu conhecimento, suas habilidades e experiência estão em demanda, e você também pode falar e se comunicar de maneira conectada com as pessoas – você tem tudo para iniciar seu próprio negócio de informações!

Seu próprio negócio de informações: crie em 6 etapas

Então, você decidiu se tornar um negócio da informação. Tome seu tempo, garanta seu capital inicial para iniciar um negócio (uma quantidade de 2 a 10 mil servirá) – e comece a trabalhar, guiado por nosso plano passo a passo!

Etapa 1. Escolhendo um nicho

Para escolher um tópico no qual você venderá com sucesso um produto de informação (não importa se é um livro, curso em vídeo, palestras offline ou seminários on-line), responda a 2 perguntas.

  1. O que sou melhor do que os outros, o que sou profissional? (Se existe uma esfera assim, pergunte a si mesmo quantas pessoas gostariam de ser profissionais nela, quanto seu conhecimento é necessário. Se a demanda por essa informação é boa, você acabou de identificar seu nicho no negócio da informação!).
  2. O que eu gostaria de entender bem? (Vale a pena se perguntar se você não tem resposta para a primeira pergunta e se não é especialista em nada. Depois de escolher o que gostaria de se tornar um especialista, esteja preparado para aprender isso, aprenda a aplicar o conhecimento na prática e só depois ensine aos outros! É possível que demore pelo menos meses!).

Suponha que você encontre um tópico que você entenda e informações sobre as quais você gostaria de dar às pessoas. Os especialistas recomendam dividi-lo em subtópicos.

Esmagado? Agora você precisa verificar qual é a demanda por seu conhecimento. 

Homem decidindo que porta abrir
Homem decidindo que porta abrir

Etapa 2. Criando o Produto Principal

O principal produto é onde você ganhará no processo de negócios da informação, ou seja, é pago. Deve ser um curso / webinar detalhado / útil + / livro / treinamento, etc., que resolva ao máximo os problemas de alunos e compradores, respondendo a todas as perguntas e fornecendo informações completas sobre o tópico que você declarou. 

Somente nesse caso, você receberá boas críticas, uma excelente reputação, novos clientes e a capacidade de vender novos produtos de informação.

Etapa 3. Criando uma plataforma e um ímã de chumbo (produto gratuito)

Um ímã de chumbo, ou um produto de informação de bônus, serve como um chamariz para um cliente em potencial. Na primeira etapa da venda de suas informações, geralmente é coletado um banco de dados de contatos para todos que podem comprar nosso produto. 

Ofereceremos um bônus ao site que o visitou em troca de seus dados (e-mail, nome e sobrenome, apelido nas redes sociais etc.) e, em seguida, enviaremos a newsletter por e-mail necessária para venda a este e-mail.

Leia mais  Workshop: o que é e como se destacar

Importante! O produto bônus deve ser uma versão demo realmente útil, de alta qualidade e exclusiva do produto completo. Pela sua utilidade, eles julgam se vale a pena comprar seu curso em vídeo, participar de treinamentos etc. Como bônus pode ser:

  • Capítulo do livro
  • Lista de verificação
  • Planejar
  • Gravação de Webinar
  • Estudo de caso
  • Vídeo aula, etc.

Sob esse bônus, é feita uma página de venda, chamado página de destino ou página de captura. Landing vende um produto específico e coleta uma base de clientes para vendas, trocando contatos por bônus.

Direcionaremos a publicidade para o desembarque, todos os clientes em potencial virão aqui, o que significa que eles prestam muita atenção à sua criação. O desembarque deve ser:

  • Com a quantidade mínima necessária de texto de venda (sem frases longas e complexas, sem parágrafos com mais de 2-3 frases, com no máximo 10 telas)
  • Com design de qualidade e interface simples
  • Estruturado (parágrafos, com títulos e subtítulos)
  • Com fotos além de texto
  • Com informações claras sobre o que você oferece
  • Com itens de venda (gatilhos como “Solicitar uma ligação de volta”, com botões ativos que permitem comprar seu produto principal ou receber um bônus)
  • Com evidência social (revisões)
  • Com uma descrição e vantagens do seu principal produto em relação aos concorrentes, com uma lista de problemas e “dores” de clientes que ele permite remover
  • Com todos os contatos necessários.

Se você duvida da capacidade de criar independentemente uma página de destino para iniciar um negócio de informações do zero, solicite esse trabalho a um freelancer ou a uma agência especializada em criação de sites. Não se esqueça de comprar um domínio, hospedagem e garantir o funcionamento rápido e tranquilo do site, ou seja, suporte técnico.

Etapa 4. Lance uma campanha publicitária

Você criou uma página de destino, o produto principal e o bônus, mas até agora ninguém sabe sobre eles, seu negócio de informações não está funcionando e não gera lucro. É hora de configurar seus anúncios!

Se você pode personalizar de forma independente a publicidade direcionada nas redes sociais, bem como a publicidade contextual no Yandex e no Google, use seu conhecimento para atrair o público-alvo para sua página de destino. Se você não entender nada nessa configuração, peça esse trabalho a um profissional.

De qualquer forma, para configurar a publicidade, é necessário ter em mente um retrato dos seus clientes em potencial. Quantos anos eles têm, que tipo de educação eles têm, em que estão interessados, onde passam o tempo na Internet, que problemas eles têm? Quanto mais específico o retrato, maior a precisão da personalização do anúncio e mais fácil será atrair quem compra o seu produto de informação.

Após a atração do tráfego para o site e a troca do produto bônus pelas informações que você formou em um banco de dados de contatos, o trabalho começa com o e-mail de potenciais compradores.

O esquema usual deste trabalho é o seguinte: depois de receber os contatos, o proprietário do e-mail recebe uma carta de boas-vindas primeiro, em que você agradece a ele por visitar a página de destino e dá a ele um bônus gratuito; depois, uma série de cartas chamada “funil” e prolongada por 10 a 14 dias, como resultado que ele será oferecido agressivamente para comprar um produto de informação paga.

Sessão de entrevistas
Sessão de entrevistas

Você mesmo pode escrever e enviar um boletim usando serviços de gerenciamento especiais (por exemplo, GetResponse ou JustClick) ou, novamente, use a ajuda de um profissional por dinheiro.

Etapa 5. Suporte para a campanha publicitária. Configurar fluxo contínuo de clientes

Nesse estágio, continue o que você iniciou na etapa 4, mas adicione promoção de mídia social e outros métodos de publicidade que suportam seu orçamento (publicidade promocional, publicidade com blogueiros, mídia impressa etc.) como suporte.

Segundo as estatísticas do Pravda, Instagram e Facebook têm 60% dos brasileiros, o que significa que mais da metade do seu público-alvo está aqui. 

Crie um grupo nas redes sociais ou desenvolva uma página pessoal, configure a integração de todas as redes sociais e páginas de destino entre si – permita que os clientes vejam as informações do produto sempre que conveniente!

Leia mais  Como criar um canal do YouTube e gerar receita

Etapa 6. Lançando um novo produto de informações

É impossível vender o mesmo produto o tempo todo: as informações ficam desatualizadas, tudo muda. Assim que você se acostumar a vender um curso de treinamento ou vídeo, crie um segundo. Pode ser direcionado para o mesmo público (então você o venderá para aqueles que já compraram seu primeiro produto) ou para outro segmento (então você terá novos clientes).

Repita todo o ciclo, desde o desenvolvimento do produto até a configuração do fluxo do cliente em uma página de destino para vendê-lo com cada novo produto – e os negócios da informação serão lucrativos.

Mais dois pontos importantes

Momento 1. Blog que informa conhecimento

Quando os negócios online aparecerama, seus líderes começaram com um blog pessoal e outros materiais úteis. Eles regularmente publicavam artigos e casos úteis no blog, compartilhavam pensamentos e comentavam as experiências de outras pessoas.

Hoje, muitos empresários da informação, ao iniciar um negócio do zero, ignoram esta etapa, criando imediatamente um produto (por exemplo, um curso em vídeo) e uma página de destino (página de destino) que o venderá. 

O motivo é claro: um blog bem promovido, com altas posições no topo da Google, não é rápido, e o momento em que um blog começa a atrair clientes chega, no máximo, seis meses após o upload regular de materiais úteis (especialmente se você não investiu em promoção).

Se você não deseja obter lucro único a curto prazo, mas deseja obter uma renda longa e estável do negócio da informação, recomendamos que dedique algum tempo e comece um blog semelhante. 

Será uma excelente base para a criação de uma marca pessoal e sua boa legibilidade fornecerá a futuros clientes provas sociais de que vale a pena comprar seu produto. Observe: todos os empresários de informação com mais ou menos sucesso têm (ou tiveram no início de sua carreira) seu próprio blog com materiais úteis a partir dos quais tudo começou. 

Momento 2. Trabalhe na criação de uma marca pessoal

Constantemente, tome medidas para popularizá-lo como especialista. Realize consultas gratuitas, fale em conferências de vários tamanhos, realize pequenos seminários gratuitos.

Pessoas falando de redes sociais
Pessoas falando de redes sociais

Website para vender conhecimento – Como deve ser?

O negócio da informação é popular hoje. As pessoas compartilham conhecimento e experiência em vários campos. É promissor, relevante e monetizado com sucesso. Só é necessário organizar os negócios corretamente. Em particular, para entender o que deve ser um site ideal para uma empresa de negócios.

Três perguntas-chave

Sites de dicas ideais são criados quando há respostas para três perguntas:

1. Por que uma empresa precisa de um site?

O objetivo final é promoção e ganhos. Você deseja atrair um cliente para seus cursos, palestras, seminários on-line ou vender a ele uma consulta única. O cliente comprará seus conhecimentos e habilidades somente se você provar que é competente no assunto. Para fazer isso, crie sites de infomações.

2. Quem é o cliente em potencial?

É necessário um retrato do público-alvo: idade, sexo, grupo social, interesses, educação etc. Faça um avatar do cliente, acompanhe sua atividade e sugira o site que ele precisa.

3. Como você medirá a conversão do site?

Como os custos e os lucros se correlacionam? Faça um plano de negócios, tente fazer um cálculo aproximado.Os sites de informações, mesmo em uma área, diferem em preço. A inicialização pode ser feita a baixo custo, se os detalhes forem pensados ​​corretamente.


Você já respondeu? Prosseguimos para a criação do site. Antes do trabalho, recomendamos que você monitore sites de informações bem-sucedidos.

O que é necessário para o site de informações

1. O CMS certo

Os mecanismos dos sites diferem em preço, recursos de administração e reação dos mecanismos de pesquisa a eles. Existem titãs nos quais as lojas online mais modernas são construídas. Por exemplo, Bitrix e Joomla. É possível escrever um mecanismo específico para o site. Mas os sites de negócios podem fazer com mecanismos mais simples e de baixo custo: MODX, WordPress, HostCMS, CMS simplificado.

2. Design relevante

O design do site deve estar relacionado ao tema. Para cursos de maternidade – um, para treinamento de negócios – outro. Cada elemento do site faz parte do conceito geral da marca e de uma unidade de informação. Sem objetivo – exclua o item.

Leia mais  Como abrir um curso de informática

3. Uma variedade de conteúdo

Concentre-se em diferentes formatos para apresentar informações: artigos, resenhas, artigos de notícias, podcasts em vídeo, humor temático etc. Uma variedade de conteúdo ajuda o cliente a entender “os” deles.

4. Configuração adequada

O site deve ser indexado nos mecanismos de pesquisa e liderar o cliente. Mesmo que não seja o principal canal de vendas, se o site não funcionar, você desperdiçou dinheiro e esforço.
Analise o conteúdo, consulte programadores e CEOs, lide com análises (Yandex.Metrica, Google Analytics). Corrija erros – comece a ganhar mais!
Verifique:

  • a presença de frases-chave em títulos e textos,
  • preenchendo título de metadados, descrição e palavras-chave,
  • a presença de tags <H1> nos cabeçalhos principais,
  • a presença de um arquivo xml (mapa do site para robôs de pesquisa).

5. Usabilidade conveniente

Um site de infobusiness deve permitir que você encontre rapidamente as informações necessárias ou execute a ação desejada. Regra: cliques mínimos na meta. O menu principal é simples e direto. As informações nos links correspondem ao nome.
Preste atenção especial a:

  • Página de contato. Todos os contatos – telefone, email, Skype devem idealmente ser clicáveis;
  • Formulários de feedback e aplicativos online. Que sejam transversais (em cada página).

Adicione Yandex.Map à página de contato, bem como o caminho para o escritório.

Não se esqueça de considerar qual sistema de pagamento você planeja usar se houver um pagamento online. Consulte os desenvolvedores.
Além disso, qual deve ser o site do infobusiness de conteúdo.

O conteúdo certo para sites de informações

1. Respostas para as principais perguntas

Quem é você Qual é o seu projeto? Quais serviços você oferece? Isso deve ficar claro para o cliente imediatamente. Ter informações de importância comercial. Primeiro: o que você pode oferecer ao cliente, por que escolher. Os detalhes da biografia estão no final.

2. Ofertas específicas com preços

Os sites de informações devem conter informações de preços. O cliente não deseja ligar e descobrir que você não pode pagar. Prepare algumas ofertas de amostra com um preço fixo.

Pessoas diferentes
Pessoas diferentes

3. Página do blog ou artigos relacionados

Demonstre competência de graça: em revisões, artigos, comentários. Preencher constantemente o site com conteúdo exclusivo é uma boa ferramenta para promoção nos mecanismos de pesquisa, se você selecionar as consultas de pesquisa corretas.

4. Módulo para banners

(idealmente, controles deslizantes). Slider de banner – um banner com um carrossel de imagens que se substituem. Uma ótima maneira de atrair atenção para atualizações e ofertas de produtos. 3-5 controles deslizantes brilhantes e atraentes são suficientes.

5. Você está nas redes sociais

Você liderará grupos nas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter, Telegram com conteúdo exclusivo. Indique os endereços de páginas adicionais no site (botões de criação). Adicione também um botão de compartilhamento para os materiais do site.

6. Video

As informações no formato de vídeo / áudio, diferentemente do texto, não requerem concentração total no processo. Você pode assistir / ouvir o vídeo sem interrupção. Crie um canal no YouTube e poste pequenos comentários em vídeo, versões truncadas de treinamentos e palestras, além de seminários on-line e gravações de cursos abertos. O vídeo pode ser postado em torrents para download.
Importante: o nome do vídeo deve conter uma frase-chave.

7. A capacidade de assinar boletins

Uma das ferramentas eficazes para atrair e lembrar são os boletins por e-mail. Sites populares de infobusiness quase sempre usam esse mecanismo. Crie um formulário com a capacidade de se inscrever em atualizações de blog, artigos interessantes etc. Quanto mais as pessoas veem seu nome em um tópico, mais elas confiam nele.

Conclusão

Se você sabe exatamente qual nicho escolher no negócio da informação, entenda seu tópico e está acostumado a não adiar nada para amanhã, então você terá uma instrução pronta sobre como iniciar um negócio da informação do zero em 7 dias. A consciência e a falta de preguiça o ajudarão a criar uma nova direção de sua atividade em apenas uma semana – apenas aja hoje estritamente de acordo com nossas instruções!

Fontes:
Small Biz Trends
The Balances MB
Bp Plans
Life Hack
SBA – US
Franchise Direct

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *