Carregando...

Como segurar os estagiários na empresa

Homem pulando

Até 28% dos novos funcionários deixam o cargo durante o período de estágio. Como a contratação e o treinamento de novos funcionários é um processo caro e demorado, é importante entender por que eles estão saindo e descobrir como evitar isso.

Neste artigo, falaremos sobre os principais motivos para demitir funcionários, por vontade própria, e como os gerentes de RH podem apoiar melhor seus novos colegas.

8 razões principais para a demissão de empregados em liberdade condicional

Falta de um processo de adaptação estruturado

A última coisa que um novo funcionário gostaria em seu primeiro dia de trabalho é ver que a equipe está completamente despreparada para sua aparência e o programa de adaptação é mal implementado.

Um funcionário não deve procurar de forma independente seu local de trabalho, pessoas com quem ele terá que trabalhar diretamente. Se no primeiro dia ele se sentir desconcertado e desnecessário, provavelmente não vai durar muito.

O treinamento estruturado desde o primeiro dia de trabalho é a chave para uma adaptação rápida e um trabalho eficaz. Os gerentes de RH não devem esquecer como os primeiros dias e até semanas podem ser difíceis em um novo local, se ninguém o orientar.

Falta de assistência após adaptação

Para ter sucesso e manter a motivação, os funcionários precisam de treinamento contínuo que vá além das tarefas habituais de trabalho. Vale a pena considerar a organização de pequenos treinamentos e master classes para novos colegas. Pode até ser material de vídeo que o ajudará a conhecer melhor a empresa.

Se você não prestar mais atenção a um funcionário, seu feedback precisará ser aprimorado. É necessário ajudar e avaliar os resultados do funcionário nos primeiros meses.

O apoio do funcionário após a adaptação inicial é de grande importância. É provável que a falta de assistência faça o funcionário pensar em encontrar um local mais orientado para as necessidades dos funcionários.

Inconsistência com as expectativas

Dados recentes mostraram que 43% dos funcionários que deixaram o cargo durante o período de estágio o fizeram porque o trabalho real não atendeu às suas expectativas.

Leia mais  Como construir uma carreira em uma empresa internacional

Certifique-se de que a descrição do cargo contenha uma visão geral precisa das responsabilidades diárias esperadas para esta publicação, para que você recrute os melhores candidatos motivados por essas responsabilidades. Lembre-se de que é melhor procurar o candidato certo por mais tempo do que gastar tempo com alguém que sai em menos de um mês.

Durante a primeira semana de um novo funcionário, suas responsabilidades devem ser discutidas com seu gerente, juntamente com as principais metas e indicadores que serão usados ​​para medir os resultados.

Questões de gerenciamento

Hoje, poucos vão tolerar um aumento de voz e uma hostilidade aberta. Se o diretor ou chefe imediato se afirmar às custas dos funcionários, não souber respeitar as emoções e os poderes de outras pessoas, é improvável que os funcionários se demorem por um longo tempo. Somente respeitando os funcionários eles podem ser mantidos e motivados.

Cultura corporativa

Apesar de não ser o principal requisito dos candidatos, a cultura corporativa da empresa é de grande importância para os funcionários:

  • A empresa deve respeitar os funcionários e seu trabalho.
  • Oferecer recompensas ou outras maneiras de incentivar e motivar os funcionários
  • O ambiente de trabalho deve promover o engajamento.
  • O empregador deve cuidar de criar uma atmosfera de trabalho positiva na empresa.

Os funcionários valorizam um espaço de trabalho em que a comunicação é transparente, todas as ferramentas de trabalho necessárias estão disponíveis e os processos de gerenciamento são claros. A cultura corporativa deve manter os funcionários, não afastá-los.

Falta de perspectivas de carreira

O relatório Quantum Workplace “Tendências de engajamento dos funcionários” mostrou que a geração do milênio é a faixa etária menos ocupada dos profissionais, em parte devido à falta de oportunidades de carreira.

Os novos funcionários devem começar com a mentalidade correta e entender exatamente pelo que são responsáveis, para onde está indo sua carreira e quais incentivos financeiros e oportunidades de promoção podem esperar no futuro.

Outras ofertas

O problema com a contratação de bons funcionários é que outras empresas também desejam contratá-los. Este é o pior pesadelo de todo recrutador.

Leia mais  Como medir o envolvimento na empresa

Depois de encontrar uma vaga, o trabalho ainda não está concluído. 90% dos funcionários em todo o mundo estão abertos a ofertas, mesmo que atualmente não estejam buscando ativamente uma nova posição. Portanto, vale a pena prestar mais atenção para reter novos talentos.

O equilíbrio da vida e do trabalho

Um equilíbrio saudável entre trabalho e vida é o que a maioria das pessoas precisa. As pessoas querem viver fora do trabalho – passar tempo com seus entes queridos, fazer o que amam ou relaxar.

Jovens discutindo sobre a empresa
Jovens discutindo sobre a empresa

Os empregadores sabem disso, mas muitos funcionários ainda estão sobrecarregados e o equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal do funcionário é perturbado. Por esse motivo, muitos novos trabalhadores estão procurando outro local onde seu horário de trabalho seja mais adequado a eles.

Como ajudar os funcionários em um período experimental

Realizar reuniões regulares

É uma boa prática ter reuniões regulares com cada novo funcionário durante o período de avaliação. Essas reuniões devem se concentrar em uma revisão das atividades e do desenvolvimento no mês passado, além de estabelecer metas para o próximo mês.

Para aproveitar ao máximo o período de avaliação, o gerente de RH deve se preparar para as reuniões, analisar o trabalho do funcionário antes da reunião, a fim de entender onde ele trabalha bem e o que precisa ser aprimorado. Você pode conversar com colegas de um novo funcionário para obter feedback sobre qualquer progresso.

Fornecer feedback

Em um período experimental, vale a pena usar as reuniões 1: 1, como uma oportunidade para dar feedback. Deve ser claro e preciso. O RH deve dar exemplos específicos de áreas nas quais o funcionário precisa desenvolver sua eficácia ou ajustar seu comportamento, evitando generalizações.

As reuniões 1: 1 em um período experimental também oferecem uma oportunidade para motivar o funcionário; portanto, não se esqueça das áreas em que o funcionário obtém sucesso.

Problemas de pesquisa

É importante estudar os problemas que surgirem, discutindo-os com um funcionário. Por exemplo, pode ser difícil entender os aspectos técnicos de uma postagem ou aprender rapidamente as ferramentas necessárias para um trabalho.

Leia mais  Como se tornar um ator de sucesso

A comunicação deve ser bidirecional: o líder e o funcionário analisam conjuntamente os problemas, incluindo suas causas, e elaboram um plano de ação para resolver.

Ao resolver problemas, o gerente deve discuti-los completa e abertamente com o funcionário e criticá-lo construtivamente. É melhor usar palavras positivas, como “melhoria”, em vez de palavras negativas associadas ao fracasso.

Defina o tom certo.

É importante que os gerentes definam o tom certo durante o período experimental. Estruturas disciplinares rígidas podem ser repulsivas.

A ênfase deve estar no apoio do funcionário. O gerente deve estar entendendo, você não pode esperar que o funcionário tenha sucesso ao mesmo tempo. Em muitos casos, será necessário estudar novos processos e sistemas antes que um novo colega possa trabalhar efetivamente.

Incentivar o diálogo aberto

O período de estágio será bem-sucedido se o funcionário tiver a oportunidade de fazer perguntas sobre o ambiente de trabalho. Muitas vezes, os novos funcionários ficam nervosos pedindo ajuda, especialmente quando se trata de algo que já foi informado.

Portanto, durante cada reunião, o RH deve deixar claro que a reunião envolve a discussão de questões em conjunto para encontrar maneiras de alcançar objetivos comuns.

Mantemos novos funcionários

O recrutamento é caro e consome tempo. Especialistas em recrutamento e gerentes de RH devem ter muito cuidado tanto na contratação quanto na adaptação de novos funcionários a cargos. A falta de atenção adequada a um novo funcionário afeta negativamente não apenas a empresa, mas também a experiência do candidato.

Para reter novos funcionários, você precisa pensar nos processos de trabalho do ponto de vista da equipe. Todos os funcionários são diferentes e cada um tem seus próprios desejos e metas, mas podemos presumir com precisão que todos desejam ter certeza de que são valorizados e estão sempre prontos para apoiar. Isso só pode ser conseguido através da organização adequada do trabalho com novos funcionários desde o primeiro dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *