Carregando...

Como se destacar de seus concorrentes na internet

Profissional mirando no alvo

Você trabalhou duro, abriu um negócio, conseguiu seus primeiros clientes. E tudo ficaria bem, mas de repente você sente a respiração de alguém pelas costas. Estes são concorrentes – e é hora de você se separar deles. Como fazer isso, contamos no artigo.

Dicas da Internet

Um artigo sobre como se distanciar dos concorrentes está em todos os recursos dedicados a negócios e marketing. Aqui está uma lista de dicas que são publicadas em todos os lugares: da Forbes a blogs em domínios Wix gratuitos.

  • Ofereça algo novo, crie uma proposta de venda verdadeiramente única;
  • Fale sobre o valor de seus produtos ou serviços;
  • Seja aberto e honesto;
  • Seja criativo e inovador;
  • Trabalhar no atendimento ao cliente, deve ser impecável;
  • Seja honesto com a comunidade, comunique-se, construa relacionamentos;
  • Suas palavras e ações devem ser compreensíveis e previsíveis;
  • Tente maneiras diferentes de promover;
  • Use uma segmentação precisa;
  • Ofereça um período de teste ou um reembolso se o produto não gostar.

Ao mesmo tempo, ninguém sabe em que ponto iniciar uma comparação com os concorrentes e como se tornar “criativo e inovador”, enquanto permanece “compreensível e previsível”. 

4 etapas para se destacar da concorrência

Propomos uma abordagem diferente: não buscar aconselhamento universal, mas criar uma estratégia para desafogar os concorrentes do seu projeto. Levará tempo e recursos, mas em troca você obterá um plano de ação realista, e não um conjunto de clichês dos blogueiros.

1. Encontre concorrentes

Primeiro você precisa fazer uma lista completa dos concorrentes. Inclua nele:

  • Concorrentes diretos. Eles vendem produtos e serviços semelhantes para os mesmos clientes que você.
  • Concorrentes indiretos. Venda outros produtos para os mesmos clientes que você.
  • Empresas de setores relacionados. Essas são as empresas em que você pode espionar erros e as soluções mais avançadas.
  • Empresas estrangeiras. Aqueles que vendem bens ou serviços similares em mercados estrangeiros.
Leia mais  Como otimizar seu funil de cursos on-line

Mesmo se você monitorou os concorrentes há um ano, verifique o mercado novamente. Talvez o seu concorrente mais malicioso tenha desaparecido e, em vez disso, dois ou três novos tenham aparecido.

A pesquisa de concorrentes e o monitoramento da demanda podem ser automatizados através do Smart Fetch . Você fornece os dados iniciais sobre sua empresa e diz o que deseja receber no relatório final. Depois de uma semana, eles fornecem o estudo concluído.

Como conhecer os concorrentes. O primeiro e mais óbvio passo é usar o Yandex, Google e Bing. O Bing na Rússia é muitas vezes esquecido, embora seja o segundo site do mundo em termos de tráfego entre os mecanismos de pesquisa.

Analista de TI
Analista de TI

A segunda maneira é procurar concorrentes por meio de serviços especiais. Em alguns, basta digitar seu URL e obter uma lista de sites semelhantes – por exemplo, MegaIndex e SimilarWeb . Outros serviços ajudam a encontrar concorrentes, monitorando tópicos e palavras-chave de seu interesse, como Google Trends ou Mention .

Lista de concorrentes do Udemy Educational Portal na SimilarWeb

Lista de concorrentes do Udemy Educational Portal na SimilarWeb

Você pode encontrar os sites e serviços necessários por palavras-chave nas redes sociais. Para isso, use, por exemplo, Hootsuite . Permite monitorar referências de palavras-chave no Twitter, Facebook, LinkedIn, WordPress, Foursquare e Google+ gratuitamente. Você só precisa observar quem está participando das discussões e procurar concorrentes entre eles. A única desvantagem do serviço é que não há pesquisa no Vkontakte.

Se você não tiver recursos suficientes para uma análise total dos concorrentes, escolha concorrentes com as maiores vendas ou a comunidade mais fiel.

2. Veja o que seus concorrentes estão fazendo

Agora que você tem uma lista de concorrentes, analise suas atividades online e offline.

O que fazer Você tem que comparar:

  • Posicionamento
  • recepção
  • Classificações da posição do concorrente
  • Fontes de aquisição de clientes
  • Atendimento ao cliente
  • Popularidade da marca
  • Site
  • SEO
  • Marketing de conteúdo
Leia mais  Como iniciar um curso on-line para um público feminino

Se você viu uma falha na competição – não se apresse em avaliar. Talvez isso não seja um erro, mas uma solução potencialmente inadequada no seu mercado. Primeiro, veja o que seus clientes realmente precisam.

Sinal de mãos unidas
Sinal de mãos unidas

Para economizar tempo, troque os pontos 2 e 3: primeiro estude as necessidades dos clientes e depois veja como os concorrentes trabalham com eles. Mas, neste caso, é fácil perder as decisões inúteis das empresas – e isso também é importante.

3. Analise as necessidades do cliente

O que todas as empresas fazem no mercado nem sempre atende às necessidades dos clientes. Portanto, você precisa examinar atentamente as decisões que são realmente importantes para o seu público.

O que fazer Converse com clientes em potencial e existentes. Descubra:

  • Sob quais circunstâncias você compra bens ou serviços como o seu;
  • Onde eles procuram informações sobre ofertas;
  • Quanto tempo passa desde a primeira pesquisa até a compra;
  • Quais parâmetros são importantes e não importantes na escolha de um produto;
  • Quanto o preço afeta a tomada de decisão.

A memória distorce gradualmente as palavras de outras pessoas, a fim de adaptá-las à opinião do ouvinte. Portanto, grave suas entrevistas em um gravador de voz ou no iFree Skype Recorder .

Veja o que seus clientes em potencial estão discutindo:

  • Nos fóruns;
  • Em comunidades temáticas de redes sociais;
  • Em sites com críticas: Yell , Foursquare ;
  • Em sites com perguntas: Quora.

Os dados podem ser pesquisados ​​e monitorados manualmente – ou use os serviços mencionados acima: Menção e Hootsuite.

Conclusões interessantes podem ser feitas através do estudo do núcleo semântico. Se as pessoas quase não procuram “compre seu produto”, a demanda não é formada: as pessoas simplesmente não sabem que esse produto existe. A saída é lançar o marketing de conteúdo para solicitações de informações (“como resolver o problema” que seu produto resolve).

Leia mais  Cinco razões para vendas fracas

Esse item é semelhante à pesquisa de mercado de marketing clássica que muitas empresas negligenciam. Mas em vão, porque se você não conhece as necessidades do cliente, seu criativo pode ser inútil.

Um exemplo da vida. Para o projeto de gerenciamento SMM, eles planejaram criar uma página de destino com infográficos sobre os detalhes do serviço. Todos os concorrentes também. Mas quando conversamos com representantes do público-alvo, os detalhes técnicos não interessavam a ninguém. Os clientes queriam saber quanto tempo e dinheiro o serviço economizaria. Foi nisso que foi necessário focar na promoção. E criatividade e infográficos são supérfluos.

4. Veja o que os concorrentes estão perdendo nas necessidades do público.

Você aprendeu o que os clientes precisam e o que seus principais concorrentes estão fazendo a respeito. As necessidades de um público que não é tratado ou mal tratado são seus pontos de crescimento.

O que fazer Pode haver milhares de combinações, dependendo dos recursos da empresa, saturação do mercado e estrutura de demanda. Se os clientes precisarem de detalhes técnicos, publique conteúdo detalhado e de alta qualidade sobre este tópico, realize seminários on-line. Se você compra espontaneamente – organize uma logística impecável.

Conclusões

Nenhum blogueiro ou comerciante de terceiros sabe como se destacar entre seus concorrentes. Uma estratégia única está sendo desenvolvida para cada negócio.

O plano de ação é o seguinte: observe os concorrentes, estude as necessidades do público e analise o que seus rivais estão perdendo. Erros e deficiências dos concorrentes são pontos de crescimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *